Cálculo urinário na gestação

Calculo urinário na gestação

Os cálculos renais, também conhecidos como pedras nos rins, são formações sólidas compostas por minerais e sais que se acumulam nos rins. Essa condição pode ser particularmente desafiadora durante a gestação, um período em que o corpo da mulher passa por diversas mudanças.

Incidência e Causas

A incidência de cálculos renais durante a gestação é relativamente baixa, variando de 0,03% a 0,5%. As causas incluem fatores como alterações metabólicas, aumento da excreção urinária de cálcio e mudanças anatômicas nos rins e ureteres devido ao crescimento do útero.

Sintomas

Os sintomas de cálculos renais durante a gestação são semelhantes aos das mulheres não grávidas e podem incluir:

  • Dor intensa nas costas ou no abdômen, frequentemente descrita como cólica renal.
  • Hematúria (sangue na urina).
  • Náuseas e vômitos.
  • Urgência e frequência urinária aumentada.
  • Febre e calafrios, se houver infecção associada.

Diagnóstico

O diagnóstico de cálculos renais em gestantes deve ser cuidadoso para minimizar a exposição ao raio-X. Métodos preferidos incluem:

  • Ultrassonografia renal, que é segura e eficaz.
  • Ressonância magnética, nos casos em que o ultrassom não fornece informações suficientes.
  • Por vezes, quando não é suficiente, lançamos mão de tomografia de baixa dosagem de radiação, sem contraste.

Tratamento

O tratamento dos cálculos renais em gestantes varia de acordo com o tamanho e a localização do cálculo, bem como a gravidade dos sintomas. As abordagens incluem:

  1. Hidratação e Manejo da Dor: A ingestão adequada de líquidos e o uso de analgésicos seguros durante a gestação são fundamentais. O primeiro passo é o alívio da dor
  2. Exames Laboratoriais e de Imagem: Determinar se há cálculo, sua localização e complicações associadas é fundamental para o manejo adequado da doença.
  3. Intervenções Cirúrgicas: Em casos graves, onde o cálculo está causando obstrução ou infecção, procedimentos como a colocação de um cateter ureteral ou nefrostomia percutânea podem ser necessários.
  4. Antibióticos: Se houver infecção urinária associada, o uso de antibióticos seguros na gravidez é indicado.

Importância da Avaliação Pré-Natal

A avaliação pré-natal é fundamental para garantir a saúde da gestante e do bebê. Durante as consultas pré-natais, o médico pode identificar precocemente a presença de cálculos renais e determinar se há necessidade de tratamento. A detecção precoce é crucial para evitar complicações, como infecções graves, obstrução urinária e danos aos rins, que podem afetar tanto a mãe quanto o bebê. A avaliação pré-operatória da gestante ajuda a evitar grandes problemas.

Prevenção

Para prevenir a formação de cálculos renais durante a gestação, algumas medidas podem ser adotadas:

  • Hidratação Adequada: Beber bastante água ajuda a diluir a urina e a evitar a formação de cálculos.
  • Dieta Balanceada: Reduzir a ingestão de sal e proteínas animais pode ajudar a diminuir o risco. Sempre importante a orientação do ginecologista e nutricionista nesse ponto.
  • Acompanhamento Médico Regular: Consultas pré-natais regulares permitem o monitoramento da saúde renal e a detecção precoce de problemas.

Conclusão

Embora os cálculos renais na gestação possam ser uma condição desafiadora, com diagnóstico precoce e tratamento adequado, a maioria das gestantes pode passar por essa experiência de maneira segura. A chave é a comunicação aberta com seu médico e o seguimento das orientações fornecidas para garantir a saúde tanto da mãe quanto do bebê.